A Prefeitura, através da Secretaria de Educação de Itaquaquecetuba, Semei, inicia o processo de seleção de candidatos a voluntários para alfabetizadores e alfabetizadores-coordenadores do Programa Brasil Alfabetizado, PBA, desenvolvido em parceria com o Ministério da Educação e Cultura, voltado para alfabetização de jovens, adultos e idosos.
Os voluntários interessados deverão apresentar Curriculum Vitae e comprovação de experiência anterior no Programa Brasil Alfabetizado ou na educação de Jovens e Adultos, cópia do diploma ou histórico escolar de formação, cópia de certificados de cursos de formação na área de Educação de Jovens e Adultos com carga horária mínima de 40 horas e modelo de inscrição do cargo pretendido conforme modelo que se encontra no Anexo II da Chamada Pública nº01/2013 – edital disponível no site da prefeitura: www.itaquaquecetuba.sp.gov.br; e afixado na Semei. Também devem ser entregues cópias dos documentos de estado civil, identidade, CPF, comprovante de endereço, formação compatível com os requisitos da função. O voluntário interessado só poderá se candidatar para uma das duas funções: alfabetizador e alfabetizador-coordenador.
A documentação precisa ser entregue de 25 a 26 de março de 2013 no setor do Programa Brasil Alfabetizado, na Secretaria de Educação de Itaquaquecetuba, Rua João Vagnotti, 40 – Centro. No horário das 8 às 13 horas e das 14 às 16 horas.
Só serão aceitos os currículos entregues pessoalmente pelo candidato ou seus representantes, não sendo necessária a apresentação de procuração.
A ordem de classificação de currículo será divulgada no site da Prefeitura de Itaquaquecetuba no dia 8 de abril de 2013, também será afixada no saguão da Semei. Outras informações podem ser obtidas na Secretaria de Educação pelo telefone 4647-5200 – Ramal 133 ou 124.
Os alfabetizadores selecionados deverão mobilizar os alfabetizandos e formar as suas turmas. O número de alfabetizandos em cada turma deverá ser de no mínimo catorze e o máximo de vinte e cinco. As turmas de alfabetização deverão funcionar em espaços ou locais de uso público, garantido as condições de infraestrutura necessárias para seu funcionamento. Os alfabetizadores que montarem duas turmas deverão ter no mínimo uma hora de intervalo para iniciarem a próxima turma. Serão selecionados quatro alfafabetizadores-coordenadores e 20 alfabetizadores, conforme as formações das turmas.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa Municipal